22/06/2016

Superação, determinação e espírito de equipe, esses são os atributos que os velejadores da Vela Adaptada, que compõem o Time CotaMil/BRB, levaram em suas bagagens para o Campeonato Mundial da modalidade em Medemblik - Holanda, que ocorreu de 3 a 9 de junho. 

Para participarem dessa competição os atletas treinaram muito e desenvolveram suas técnicas nas aulas que são dadas no Cota Mil de forma gratuita para as pessoas com defi ciência.

Iniciada no último dia 4 de junho, a competição contou com 124 velejadores em 92 barcos divididos em cinco classes (Hansa 2.3, Hansa 303 Dupla e Simples, Liberty e Skud18). A equipe do Cota Mil foi representada por quatro velejadores na Classe Hansa 303,  Pablo Maya (19º lugar), Estevão Carvalho (13º lugar) Viviane Silvestre (16º lugar) e Ana Paula Marques (12º lugar).

Na abertura do campeonato, a sensação eram os nossos atletas que estavam sendo recebidos com euforia por comporem a primeira delegação brasileira e das Américas a participar do Campeonato Mundial da Classe e terem vindo de tão longe. Passada a solenidade de abertura, chegou o momento tão aguardado pelos velejadores de todos os 16 países representados.

Mas para os nossos atletas aquele momento de se lançar nas águas holandesas tinha algo de especial, representava o resultado de um projeto - sonhado e realizado - desde a primeira passagem pela portaria do clube, quando de forma tímida se aproximaram do imponente galpão do Cota Mil e dos barcos ali guardados que, por sua vez, reservavam muitas surpresas aos novos velejadores.

Pois bem, qual daqueles calouros velejadores poderia imaginar que ganhariam o mundo numa viagem para representar o Clube, a cidade e o país, na mais importante competição mundial da categoria? E, nesse misto de encantamento e de novidade, nossos personagens, com a coragem e orgulho de serem brasileiros, enfrentaram as muitas ondas, o frio e os fortes ventos holandeses nas primeiras regatas do evento e bravamente mostraram ao mundo que a vela adaptada brasileira está no caminho certo.

O campeonato foi realizado com muito vento e ondas, cenário que não é muito comum aos nossos atletas, mas mesmo assim eles demonstraram muita garra para enfrentar adversidades e buscaram mostrar, regata a regata, que os brasilienses têm potencial para alcançar lugares mais altos nos pódios internacionais.

O Cota Mil Iate Clube e seus associados estão orgulhosos por terem sido representados por tão valiosa equipe, que levou o belo trabalho social e esportivo aqui desenvolvido para o outro lado do mundo, simbolizando que a solidariedade não tem fronteira.

A equipe participou do Campeonato Mundial com o apoio do Clube, da Confederação Brasileira de Clubes, do Comitê Paralímpico Brasileiro e do Compete Brasília, contando, ainda, com o patrocínio do BRB – Banco de Brasília, TravelAce, IoTProvider, Iades - Instituto Americano de Desenvolvimento, Caiçara  e AustralianAid. 

 

Facebook Twitter Google Digg Reddit LinkedIn Pinterest StumbleUpon Email

comments powered by Disqus